Notícias fundação Shunji Sishimura

10/06/2019

O impacto da agricultura inteligente e agricultura de precisão para o produtor rural.

O impacto da agricultura inteligente e agricultura de precisão para o produtor rural

 

 

Não é novidade que o uso da tecnologia é um dos pilares da agricultura moderna. Planejar a produção, reduzir custos, aumentar a produtividade, diminuir os impactos ambientais, enfim, os benefícios são notáveis e fazem total diferença na rotina do trabalhador no campo. 

Um modelo de agricultura moderna que vem ganhando destaque nos últimos anos é a agricultura de precisão. Segundo pesquisadores, esse modelo é um caminho sem volta para os proprietários rurais e fará, cada vez mais, parte do dia a dia dos trabalhadores.

Neste texto, vamos explicar como funcionam exatamente esse modelo de agricultura e de que forma podem ajudar na produção no campo. Confira.

O que é a agricultura de precisão?

 

A agricultura de precisão trata-se de um sistema de manejo integrado de informações e tecnologias, fundamentado nos conceitos de que as variabilidades de espaço e tempo influenciam nos rendimentos dos cultivos.

Ela visa o gerenciamento mais detalhado do sistema de produção agrícola como um todo, não somente das aplicações de insumos ou de mapeamentos diversos, mas de todo os processos envolvidos na produção.

Esse conjunto de ferramentas para a agricultura pode fazer uso do Global Navigation Satellite System (GNSS), do Sistema de Informações Geográficas (SIG), de instrumentos e de sensores para medidas ou detecção de parâmetros ou de alvos de interesse no agroecossistema, como solo, planta, insetos e doenças, de geoestatística e da mecatrônica.

Para o que serve a agricultura de precisão?

 

O principal objetivo da agricultura de precisão é melhorar a eficiência produtiva e o manejo agrícola. Por meio da identificação das características de cada região do campo, o sistema possibilita uma melhor distribuição dos insumos.

Além disso, serve também para minimizar a contaminação dos solos das áreas produtivas, otimizar o potencial produtivo e melhorar a qualidade ambiental. Isso ocorre porque leva em consideração os principais aspectos da lavoura, que são:

  • Solo: necessidade de adubo, correção de pH, área produtiva, etc.
  • Fertilizantes: tipos de adubos necessários e a quantidade a ser utilizada
  • Produtividade: produção por hectare
  • Ervas daninhas: tipos de folhagens intrusas nas plantações
  • Doenças: quais podem atingir a área e o tipo de cultura da região
  • Pragas: controle de insetos que prejudicam a lavoura.

É dessa forma, como já destacado, que a agricultura de precisão permite uma maior eficiência, o que gera menor custo e aumento da produtividade. 

Agricultura inteligente

 

A agricultura de precisão é considerada por especialistas a base da agricultura inteligente que está levando para o campo inovação e tecnologia de ponta. Por meio desse sistema, é possível gerenciar, de forma mais detalhada, todo o sistema de produção, desde a identificação de pontos mais produtivos do solo ao incremento da capacidade de previsão das condições climáticas, passando pela produção de dados estratégicos sobre aplicação de insumos, fertilizantes e defensivos.

Entre outras vantagens, é possível citar sua capacidade de promover o mapeamento da terra e da lavoura, favorece o planejamento da produção agrícola, o aumento da produtividade, bem como a redução de custos e dos impactos no meio ambiente.

Engana-se quem pensa que a agricultura de precisão está relacionada apenas ao emprego de máquinas e tecnologias sofisticadas, pois este princípio de agricultura vai além, constituindo-se em um sistema de ações que levem a um manejo mais eficiente dos fatores de produção associados às condições de diversidade de uma área agrícola.

Desta forma, a adoção de práticas de manejo que levem em consideração a diversidade de condições edafoclimáticas de uma área agrícola, pode levar as culturas à possibilidade de maior expressão do potencial genético não somente em uma parte da lavoura, onde as condições são mais favoráveis, mas sim em toda a área cultivada. Por outro lado, as ferramentas colocadas à disposição do produtor pela agricultura de precisão devem ser enfocadas com a possibilidade de uso isolado ou em conjunto, em função das condições e necessidades deste produtor.

 

Fonte: http://www.youagro.com/blog/uncategorized/o-impacto-da-agricultura-inteligente-e-agricultura-de-precisao-para-o-produtor-rural/?fbclid=IwAR22w5OyKmOVA8y-flZ-jLO-H_4DUzL8PZ34rs7k4ywUFpy30KsZIMl26tU