Notícias fundação Shunji Sishimura

19/02/2020

Fundação Shunji Nishimura comemora 40 anos

A Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia (FSNT) comemorou 40 anos de existência no sábado (23) em solenidade que contou com várias autoridades e integrantes de importantes instituições de ensino e do agronegócio do Brasil. O evento aconteceu no ginásio de esportes da instituição em Pompeia. Criada em 16 de novembro de 1989 pelo empresário japonês Shunji Nishimura a FSNT surgiu como um braço social do Grupo Jacto fundado por ele há 70 anos. 
 
Ao deixar os negócios para a segunda geração da empresa Sr. Nishimura resolveu devolver parte do que conquistou no Brasil, como empresário bem sucedido, através de ações voltadas para a área educacional. Surge então o Colégio Agrícola que formou 26 turmas de técnicos. Hoje a Fundação Shunji Nishimura transformou-se em um pólo educacional onde funcionam o Senai, Fatec e  Escola de Educação Infantil Shunji Nishimura que hoje conta com moderno sistema de ensino em nível mundial trazido do Canadá, o Profound Learning. Todos juntos atendem cerca de 2500 alunos. Com visão de futuro e dando continuidade ao sonho educacional do pai, os filhos de Shunji Nishimura trazem para Pompeia a Escola Senai e em seguida a Fatec onde funcionam os cursos de Mecanização em Agricultura de Precisão, que há 10 anos já formou 458 tecnólogos em suas 14 turmas. Tem ainda o curso de Big Data no Agronegócio que forma no próximo ano a sua primeira turma. 
 
O presidente da FSNT, Jiro Nishimura, frisou que tudo o que estava sendo comemorado não foi obra do acaso, mas fruto da benção de Deus, o que na opinião dele, fez toda a diferença na trajetória de sucesso do pai. Ele contou que ainda no Japão Sr. Nishimura recebeu princípios cristãos na escola que estudou chamada Hikkokai (que significa esperança) e que fizerem dele um homem com valores diferenciados. “Esse é um momento para honrarmos a Deus, pois as coisas não aconteceram apenas pela nossa inteligência e capacidade, mas pela benção de Deus”, comemora. Ele lembrou, durante o seu pronunciamento na solenidade, da trajetória e legado de sucesso do pai ao idealizar e construir o espaço onde funciona a FSNT. Isto, logo depois de deixar a direção da Jacto, transformando um colégio agrícola em um pólo educacional. Fez questão de lembrar e agradecer a todos os professores pioneiros que ajudaram a iniciar a Fatec e o  Senai destacando em números todos os Estados do Brasil que contam com alunos ou profissionais formados pela instituição. 
 
O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf  também esteve presente ao evento e destacou o  Sr. Nishimura como um exemplo a ser seguido de homem, de coragem, trabalho, seriedade, retidão e de quem valoriza a Educação. 
 
“Sr. Nishimura é um empreendedor respeitado não somente em São Paulo, mas no Brasil e no mundo. Ele deixou o maior patrimônio para a nação: Educação. Quando pensamos em Nishimura pensamos no exemplo dele e de sua família. Tudo o que estamos assistindo aqui é uma verdadeira aula de cidadania”, justificou. Durante a solenidade Skaf entregou uma comenda da “Ordem do Mérito Industrial São Paulo” da Fiesp ao Sr. Shunji  Nishimura recebida pelo filho Jiro Nishimura atual presidente da FSNT e pelo neto, Franklin Shunjiro (Shun) Nishimura, presidente do Conselho Holding UJI e do Conselho Curador da FSNT. 
 
Esta é a maior honraria oferecida pela Fiesp e é destinada a condecorar personalidades admiradas e reconhecidas pela indústria. A honraria já foi entregue a mais de 50 personalidades entre eles reis e príncipes de diversas nações e ultimamente ao atual presidente da República Jair Bolsonaro. 
 
Franklin Shunjiro Nishimura, da terceira geração, comemorou o atual momento vivido pela família, pela empresa e pela Fundação. “É um momento impar, único, o melhor período vivido por todos nós”, destaca o presidente. Shun Nishimura falou em seu pronunciamento sobre a trajetória de 70 anos deixada como legado pelo seu avô e sobre as oportunidades e sonhos, além da visão de futuro em relação à Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia. “Queremos formar um ecossistema de inovação através de um sistema educacional diferenciado e que forma pessoas que não apenas adquirem conhecimento, mas também que sejam trabalhados em sua conduta moral e ética.” Sem educação não teremos inovação e sem inovação não há perenidade”, finalizou. 
 
Durante a solenidade que foi dirigida por Alessandra Nishimura, neta do Sr. Shunji Nishimura, houve uma apresentação musical dos ex-alunos da FSNT, inclusive da primeira turma de 1982 dirigida pela nora Hiromi Nishimura entoando o Hino da Fundação de autoria dela e do Sr. Shunji Nishimura. 
 
Na ocasião, com a coordenação do superintendente da FSNT, Alberto Issamu Honda, foi entregue aos presentes o livro dos 40 anos da FSNT e exibido um vídeo. Ambos tiveram a coordenação de Stefan Dyo Nishimura, neto do Sr. Shunji Nishimura. A FSNT conta com uma área privilegiada na cidade de Pompeia localizada na Avenida Fundação Shunji Nishimura onde outrora funcionava uma fazenda. Com modernas instalações de ensino, o local conta ainda com uma ampla área de plantio para aulas práticas, um museu e um memorial da família que é aberto a visitação.
 
Fonte: Júlio Castanheira - Jornal da Manhã de Marília 01/12/2019
 

Imagens da notícia