Notícias fundação Shunji Sishimura

17/03/2014

Fatec de Pompeia forma 3ª Turma

A Faculdade de Tecnologia de Pompeia – Fatec Shunji Nishimura formou mais 21 tecnólogos em Mecanização em Agricultura de Precisão, que agora estão disponíveis para incrementar o mercado do agronegócio brasileiro.
A formatura da 3ª turma do curso superior de Mecanização em Agricultura de Precisão (MAP) aconteceu na última sexta-feira no Ginásio de Esportes da Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia (FSNT). Contou com a presença de várias autoridades e diretores de cooperativas e instituições de ensino superior como o Centro Paula Souza e Unesp de Botucatu e Tupã, além de associações e empresas ligadas ao mercado agrícola como a Jumil, John Deere, Marchesan, Baldan, New Holland, Coopercitrus, Geo Agri, Cocamar e Jacto.
O patrono da turma foi o presidente da COAMO Agroindustrial Cooperativa, o engenheiro agrônomo, José Aroldo Gallassini, que expressou sua gratidão pelo convite e falou da alegria em contar com a parceria da FSNT e Fatec com a cooperativa de Campo Mourão, PR, hoje com cerca de 27 mil cooperados.
Gallassini destacou sua satisfação em ver 21 jovens que decidiram se dedicar a área de Mecanização em Agricultura de Precisão, tão importante e revolucionária para o mundo do agronegócio.
“A profissão de tecnólogo em Mecanização em Agricultura de Precisão num país de vocação agrícola como o Brasil com uma extensão territorial, quase que totalmente agricultável passará a ocupar lugar de destaque entre as demais profissões”, frisou o diretor da cooperativa.
O paraninfo escolhido pela turma foi um dos professores do curso de MAP, José Vitor Salvi. Ele falou da importância dos alunos manterem a perseverança, resistindo às dificuldades da vida, continuarem pró-ativos e aprimorarem a cada dia a arte da convivência humana.
A melhor aluna da turma, Bruna Passalaqua, que recebeu o Prêmio Shunji Nishimura da FSNT e da Jacto pelo melhor  desempenho como estudante nos três anos de faculdade, disse que o curso superou muito as suas expectativas.
“O que aprendemos durante o curso será muito necessário para o mercado agrícola, pois há uma carência muito grande desse tipo de profissional. Com certeza é uma tendência que deve crescer com os anos. É um caminho sem volta, a agricultura se tornará cada vez mais mecanizada”, justifica a aluna. Ela destacou ainda a seriedade do curso, que, na opinião dela, conta com um corpo docente altamente gabaritado e que durante as aulas demonstrou claramente, de forma prática, as necessidades e tendências do agronegócio.
O diretor da Fatec Shunji Nishimura, Carlos Otoboni, declarou que o curso de Mecanização em Agricultura de Precisão, tem apresentado altos índices de colocação de profissionais formados no mercado.“ Temos na primeira turma mais de 94% dos tecnólogos já atuando no mercado e 78,5% da segunda turma”, comemora o diretor.
O presidente da FSNT, Jiro Nishimura se emocionou ao falar do sonho do pai, o imigrante japonês, Shunji Nishimura, fundador do Grupo Jacto e da própria Fundação, em transformar a escola técnica em faculdade.
Vestibular de Inverno
A Fatec Shunji Nishimura vai abrir inscrições para o vestibular 2014 que vai selecionar candidatos para a 10ª turma do curso de Mecanização em Agricultura de Precisão, que até o momento já formou três turmas.
O período de inscrições começa dia 14 de abril e termina às 15 horas do dia 14 de maio de 2014. O exame, que tem duração de cinco horas, está marcado para o dia 15 de junho 13 horas e o candidato deve se inscrever pelo site www.vestibularfatec.com.br.

 

Imagens da notícia

 

Notícias relacionadas

13/12/2018 Visita da NB - Máquinas

A Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia recebeu a visita da equipe da NB - Máquinas.